a humanidade só será LIVRE, quando o último corrupto for enforcado nas tripas do derradeiro capitalista

5 de agosto de 2017

DEIXEM A VENEZUELA EM PAZ

Nunca tanto se falou sobre a Venezuela como agora. Gostaria de lembrar a todos que o Venezuela é um país independente e soberano, logo, não tem de passar "cavaco" a ninguém. 
No meio de tudo o que vamos assistindo pelas TV's do burgo, todas anti-Venezuela, fica-me a ideia (quase certeza) que TUDO é fruto da impiedosa "mão" imperialista dos seus vizinhos do norte (USA) e não só. 
Pelo rectângulo, a direita assanhada, desorientada e sem argumentos, tenta encontrar nesta situação alguma dose de poder sobreviver. A esquerda (PCP) tenta também retirar dividendos políticos, sendo que ambos se bem de formas diferentes, tentam encostar o governo para que se pronuncie a respeito da situação encontrada pelo governo venezuelano. Os primeiros querem que Portugal (governo) condene, os segundos querem que apoie. 

Para os mais distraídos quero apenas recordar que não vejo nem vi "pedidos" semelhantes aquando das eleições nos USA´s, na Alemanha, França, Angola, etc., etc.. 
Então porquê no caso venezuelano? E não em outras (estas sim) ditaduras ferozes, casos da Arábia Saudita por exemplo, e mais recente a Turquia e outros países de leste? Quem "exigiu" a Portugal (governo) que se pronunciasse (em apoio ou contra) em relação a "eleições", referendos e afins nestes países?
Recordar até que ainda não há muito tempo, vimos o ultra-direitista do burgo (Paulo Portas) abraçado a Maduro e a fazer-lhe a vénia da praxe. Até alguns governantes actuais andaram com Chaves ao "colo" quando este veio a Portugal. A política burguesa é isto mesmo.

Primeiro - A Venezuela é o principal aliado de Cuba, "vendendo-lhe" o  petróleo a preços abaixo das tabelas internacionais. Logo, o imperialismo yanke e seus aliados europeus (e não só) não gostam. No lado oposto (PCP) aplaude. 
Segundo - Os países vizinhos da Venezuela, excepto Cuba, Bolívia e Equador, não  desejam ter como vizinho mais um país "comunista" e tudo fazem para o denegrir e destruir. No lado oposto o PCP aplaude.

Deixem os venezuelanos em paz. Eles que encontrem o seu caminho, sem interferências de ninguém. 

Sem comentários: